Notícia

Entrevista Exclusiva: Desafios do Jovem Advogado
SB na Frente

“Advogado e advogada podem ser agentes transformadores”

 

Em entrevista exclusiva para Selem Bertozzi Consultoria, a Presidente da Comissão Estadual da Advocacia em Início de Carreira da OAB-ES, Natálya Ribeiro de Assunção traz a tona os desafios do jovem advogado. Da realidade de 40% dos advogados no país em lidas diárias nos fóruns e audiências, aos impactos da Inteligência Artificial nos escritórios, Natálya reforça o acesso à Justiça pela Advocacia.

 

SB-Sobre o processo judicial eletrônico. Quais os ganhos e perdas, e qual a percepção para o jovem advogado?

O processo eletrônico, seja em âmbito judicial ou administrativo, é essencial, inclusive dada as inovações digitais, porém não haver uma uniformização desses sistemas geram extremos prejuízos para a sociedade, que já é diretamente lesada com a morosidade dos atos judiciais. Ganhamos no momento em que se pode pensar na otimização dos espaços cartorários, preservação do meio ambiente, além do acesso à justiça com menores deslocamentos físicos, porém a uniformização dos sistemas é medida que se impõe.  ​

SB-A visão do advogado como verdadeiro agente da justiça. Como perpetuar tal ideal versus a realidade da profissão, do mercado e a sociedade ao longo dos anos?

Enfrentamos uma fase de descrença no futuro do país. A insegurança, até mesmo jurídica, gera a falsa percepção em alguns profissionais de que "tudo vale a pena" e, em efeito reflexo, os levam a desvalorizar a profissão. A advocacia precisa buscar a união e valorização da profissão, sendo incansável no combate do aviltamento das prerrogativas profissionais. É necessária a conscientização da sociedade de que o advogado e advogada podem ser agentes transformadores.

SB-Durante sua palestra na II Conferência Nacional da Jovem Advocacia, houve o destaque à força institucional da OAB. Como o acesso à Justiça passa pelo resguardo do jovem profissional?

O Advogado e a Advogada são indispensáveis à administração da justiça. A Jovem Advocacia, parcela que hoje já representa 40% da advocacia de todo o país, encontra-se na linha de frente, no momento em que se vislumbra que à essa parcela são dedicados as lidas diárias nos fóruns, audiências, etc. O acesso à justiça, atualmente, resta extremamente enfraquecido diante dos diversos sistemas de processo judicial eletrônico, que não é inclusivo; diante das violações de prerrogativas; e, até mesmo, diante da falsa sensação de justiça, quando se há manifestações decisórias sem fundamentação. Cabe a Advocacia, como um todo, o combate à minoração do acesso à justiça, como forma de garantir à Sociedade esse direito fundamental.

SB-Negociação com o Cliente e Gestão de um Escritório. Como trazer repertório aos novatos quando temas como empreendedorismo não estão presentes nas grades dos cursos de ensino?

É de suma importância que as Comissões da Jovem Advocacia enfrentem esses temas em seus cursos, afinal a faculdade é de Direito e não em Advocacia. Atualmente o profissional advogado e advogada precisam ser multifacetários.

SB-Quais as principais dúvidas do advogado no início de carreira e os erros mais comuns?  O que fazer para avanços serem notados no curto prazo?

A principal demanda levantada é como precificar os serviços e como conquistar uma carteira de clientes, e, talvez, resida aí a maior demanda necessária de capacitação, o que, a médio prazo, em conjunto com campanhas de valorização, possam alterar o cenário atual.

SB-Qual a aceitação das novas tecnologias no dia a dia do profissional, e quais os impactos da Inteligência Artificial Jurídica?

A tecnologia deve ser utilizada para servir o homem! Máquinas não podem substituir a mente pensante e o sentimento humano. Logo, as novas tecnologias devem ser utilizadas à serviço do profissional para facilitar o seu dia a dia. Por outro lado, muito ainda há o que se discutir sob o "temor" das máquinas que possam vir a substituir os homens realizando a atividade privativa da advocacia.

(Por Alessandro Manfredini)

Rua Gra Nicco, 113, Bloco 01 cj. 602, Mossunguê
Curitiba - PR - Brasil - CEP 81200-200
Fones: +55 (41) 3018-6951 e 9652-0581
adm@estrategianaadvocacia.com.br
Franquia Mato Grosso do Sul
Av. Afonso Pena, 3.504, Sala 52, Centro
Campo Grande - MS - Brasil - Fone: +55 (67) 99677-7979